Projeto 52 semanas: Fico sem graça quando...

Oi gente! 
Semana 13: Fico sem graça quando… SOU CHAMADA ATENÇÃO!
Eu quase nunca fico sem graça, mas quando passo por situações constrangedoras eu me coloco no meu lugar e peço desculpa se eu estiver errada. Caso contrário eu questiono a pessoa e falo o que ela merece ouvir a altura do constrangimento que eu passei. (Coitadinho da pessoa que mexer comigo)!
Um dia deste, estava eu em um lugar público que atende as pessoas por senha, e como minha presença já estava confirmada, a moça do RH disse que minha senha era número 17. Então cheguei no estabelecimento e comuniquei minha senha e meu nome. O rapaz entregou a senha 17. E até ai tudo bem!
De repente um moço chegou e falou que era senha 17 também. Eu fiquei observando de longe, até o rapaz gritar no auditório: quem está com a senha 17? Me prontifiquei. Quando chego lá, o rapaz do balcão me pergunta:
_____ Você é o Rafael?
Ele foi irônico ao me humilhar e eu mantive a calma e respondi:
_____  Não. Meu nome é Jaqueline ( sentir vontade de responder: por acaso eu pareço um menino? Mas me contive.)
Ele me deu então a senha numero 27 e disse:
_____ A sua senha é 27 e você vai ficar aqui até meia noite agora! 
Não aguentei tanta grosseria dele em público e respondi:
____ Até meia noite é dia!!! (Sentir a fúria e a calma no mesmo extremo dentro de mim.)
Voltei para o meu lugar e procurei rapidamente o meu celular onde encontraria o numero do meu agendamento com a senha registrada. Quando confirmei o agendamento verifiquei que a moça do RH tinha me passado a senha 17 mesmo.
Apesar das pessoas do auditório ficar pensando que eu queria passar na frente de alguém, eu não estava errada, então transformei a minha fúria em educação e fui lá no balcão novamente com o meu agendamento no celular registrado e mostrei para aquele rapaz idiota que quis me humilhar em público!
Quando andava durante o auditório os olhos das pessoas estavam cravados em mim, pelo menos foi isso que eu sentir.
O rapaz que  me constrangeu ficou muito sem graça e pediu desculpa, porque a moça tinha agendado errado.
Ai eu interrompi e falei: eu mereço desculpa porque você me constrangeu e não vem se justificar porque a moça errou. 
Ele me pediu desculpas!!

Então, espero eu que ele nunca mais humilhe as pessoas, em público porque ele sentiu na pele isso! 
Desabafo! 
Tem muita gente que se acha o rei da cocada preta!
Aqui se faz, aqui se paga! 
Gente sem educação! Que país é esse? 
Beijos da Jaque 

0 comentários:

Postar um comentário